História      
         
 
Fundada em Hamburgo, por Richard Weber.
Produção de artigos de couro e filme gutta-percha.


Primeira experiência no então novo artigo, hoje conhecido por PVC.


Aquisição da primeira calandra para produção de tela PVC para a produção de gabardinas e toalhas de mesa.


Fez-se história ao instalar a primeira máquina de estampar tela plástica. Foi um passo decisivo num campo até então desconhecido, o dos plásticos decorativos.


Adreta decide implantar a sua actividade no estrangeiro e fundou então em Portugal a Adreta Plásticos.


 
Unidade fabril de Hamburgo vendida, passando então a Adreta Plásticos a deixar de ser uma filial para se tornar independente.


Foram 35 anos de grande desenvolvimento, de grandes evoluções, de grande expansão, de muita pesquisa e acima de tudo de grande adaptabilidade às sempre novas exigências dos diferentes mercados situados nos 5 continentes do mundo.


Período de grande renovação do processo produtivo pelas mais recentes inovações tecnológicas. Muitos dos nossos fornecedores não conseguiram desenvolver as maquinas com as exigências da Adreta e assim para as últimas máquinas (incluindo calandras, máquinas de estampar, e gravar) utilizamos o nosso know-how e a nossa ENGINEER TEAM. Assim em 2004, e como exemplo, uma nova maquina de estampar a 5 cores completamente electrónica, e única no mundo, foi posta em produção com absoluto sucesso.